Geral

25 coisas para esquecer pelo sucesso

Lolly Daskal, presidente e CEO da Lead From Within, escreveu um artigo indicando 25 coisas simples para esquecermos se quisermos ter sucesso.

Veja a seguir quais são.

1. Tentando ser perfeito.

Perfeccionismo nos coloca para o fracasso. Não é uma busca pelo melhor, mas uma maneira de dizer a si mesmo que você nunca será bom o suficiente.

2. Jogando pequeno.

Expanda seus horizontes. Cresça. Crescer! Às vezes o processo é doloroso, mas vale a pena.

3. Fingindo.

Vulnerabilidade parece verdade e parece coragem. Verdade e coragem nem sempre são confortáveis, mas são sempre fortes.

4. Esperando por sorte.

A sorte constrói sua base na preparação. Encontrar boas oportunidades pode ser, em parte, uma questão de sorte, mas também é uma questão de saber onde encontrá-las e estar preparado para aproveitá-las ao máximo.

5. Esperando por qualquer coisa.

Fomos enganados a pensar que, se esperarmos pela hora certa, pelo lugar certo e pela pessoa certa, seremos bem-sucedidos, mas a oportunidade é onde você a encontra, não onde a encontra.

6. Precisando de aprovação.

Não deixe as opiniões dos outros consumirem você. Que perda de tempo!

7. Tentando fazer isso sozinho.

Mesmo que você consiga, é o dobro do trabalho e metade da diversão quando se faz sozinho.

8. Fazer promessas vazias.

Faça suas promessas raras e 100% confiáveis.

9. Corrigindo suas fraquezas.

Todos nós temos nossos pontos fracos. Trabalhe neles, mas concentre-se em seus pontos fortes.

10. Culpando os outros.

É covarde e custa seu respeito.

11. Negligenciando seus pensamentos negativos.

Você pode acreditar que é responsável pelo que faz, mas não pelo que pensa. A verdade é que essas coisas não podem ser separadas.

12. Vivendo no passado.

Seu futuro começa agora.

13. Tentando agradar a todos.

O caminho mais seguro para o fracasso é tentar agradar a todos. Trabalhe para agradar apenas a si mesmo e àqueles que são importantes para você.

14. pequenos objetivos.

Pequenos objetivos produzem pequenos resultados; grandes objetivos, grandes (e às vezes enormes) resultados.

15. Segurando ressentimentos.

Eles são um desperdício de tempo e um ladrão de contentamento e felicidade.

16. Evitar mudanças.

A mudança acontecerá com sua permissão ou não. Gerencie quando puder e sempre faça o melhor possível.

17. Tentando nunca cometer um erro.

Evitar o risco e nunca ousar é o maior erro que você pode cometer.

18. Dizendo “não posso”.

Não desista apenas porque as coisas são difíceis e não fale consigo mesmo em termos negativos.

19. Minimizando a si mesmo.

Ser violeta encolhida não ajuda você, não deixa ninguém mais à vontade, e é chato.

20. Fofocando.

Pequenas pessoas se entregam às fofocas. Em vez disso, fale sobre ideias – e quando falar sobre pessoas, seja compassivo e sempre apoiador.

21. Ficando para baixo.

O fracasso não vem de cair. O fracasso vem de não se levantar.

22. Reclamar.

Se você gastar tempo reclamando ontem, não terá tempo para melhorar o amanhã.

23. Passar tempo com pessoas negativas.

Se aqueles ao seu redor estão tentando derrubá-lo, talvez seja hora de se levantar.

24. Comparando-se com os outros.

A comparação é outro ladrão da sua felicidade. Não se preocupe com o que os outros estão fazendo.

25. Pensar que você não pode fazer diferença.

Cada um de nós pode fazer a diferença – e juntos fazemos uma mudança.

Todos nós temos traços e tendências que precisamos abandonar para que possamos deixar algo grande entrar. Todos têm direito ao sucesso; nós apenas temos que dar espaço para isso. Aprenda a desistir do que está lhe mantendo preso e comece a se aproximar das coisas que você quer da vida.

Deixe uma resposta